CURIOSIDADES

Saiba como fazer uma harmonização de pães e vinhos que vai surpreender!

Escrito por Massa Madre Blog
21 de janeiro de 2019

Quando pensamos na harmonização de comida com bebida, principalmente de vinho, logo vem à nossa cabeça algum tipo de carne ou massa. Contudo, há outra forma de combinação que faz parte da história da evolução da humanidade, pois, serviu como base alimentar para muitos povos. Sem contar que pode surpreender você.

A harmonização de pães e vinhos, apesar de uma tradição bem antiga entre os povos — presente, inclusive, nas liturgias da Igreja Católica —, nem sempre é levada em conta e pode acabar deixando dúvidas.

Foi justamente pensando nisso que elaboramos este texto. Aqui, você vai ver dicas de como juntar esses dois elementos em uma refeição e garantir o sucesso do seu evento ou estabelecimento comercial. Confira!

Saiba por que harmonizar pães e vinhos

Fazer a harmonização da comida com a bebida, em geral, serve para oferecer uma boa experiência a quem degusta a refeição. A ideia é aproveitar e realçar ao máximo o sabor de cada ingrediente escolhido. Para que isso ocorra, então, é preciso haver equilíbrio entre todos os componentes, tanto do prato como do copo.

É claro que a harmonização não é uma ciência exata. É preciso considerar também as singularidades e preferências de cada paladar. No entanto, há algumas regrinhas que, se seguidas corretamente, podem proporcionar uma melhor vivência da situação.

Entenda como fazer a harmonização entre os dois

Há algumas questões a serem priorizadas na hora de harmonizar. A combinação entre vinho e comida, por exemplo, pode ocorrer de três formas diferentes, sendo duas delas as mais comuns:

  • por similaridade: caso os ingredientes escolhidos para o prato sejam bastante marcantes, a bebida deve ter as mesmas características. No caso de uma sobremesa, ela vai pedir um acompanhamento doce, seguindo a mesma lógica;
  • por contraste: nesse caso, uma comida mais gordurosa pede uma bebida ácida para fazer o contraste. Já para a situação em que o vinho apresente muito tanino, ele deve ser balanceado com um elemento mais neutro, realçando o sal e a pimenta presentes no prato;
  • por regionalidade: essa é a mais simples de se aplicar quando comparada às outras duas. Aqui, vale combinar pratos de uma determinada região com os vinhos produzidos por lá, como uma massa e um vinho da mesma localidade na Itália.

No caso dos pães, é preciso usar a regra da similaridade para que a harmonização saia como o esperado. Os sabores devem se complementar e um não pode se destacar mais do que o outro.

Pense dessa forma: pães com ingredientes mais fortes devem acompanhar um vinho igualmente potente. Já os mais suaves pedem uma bebida mais leve da mesma forma.

Conheça boas harmonizações de pães e vinhos

Se você ainda tem certa insegurança sobre quais componentes se harmonizam da melhor forma, daremos a seguir algumas dicas para surpreender os seus convidados e clientes. Veja!

Baguette francesa

As baguettes francesas, bastante conhecidas por todos, têm uma leve acidez e combinam muito bem com uvas tradicionais do país, como a Cabernet Sauvignon e a Pinot Grigio.

Focaccias e pães integrais

Os vinhos rosés secos, tirando os muito adocicados, são uma ótima pedida para acompanhar pães com sabores mais marcantes, como as focaccias (que são mais temperadas) e os de tipo 100% integral.

Pães doces

Rosés adocicados vão muito bem com os pães doces. Aqueles feitos com chocolates e frutas, por exemplo, com uma grande característica açucarada, se saem muito bem com um vinho do Porto ou rótulos da uva Rieslings. Esse último tem uma excelente harmonização com sabores como da baunilha.

Pão francês e ciabatta

O pão francês — bastante comum na mesa dos brasileiros — e a ciabatta pedem um vinho mais leve, fresco, com baixo teor alcoólico e com notas de frutas, como o Pinot Noir.

Pão com recheio de azeitonas

Já esse tipo de recheio é bem marcante, além de ter um leve sabor defumado e, muitas vezes, amargo. Por isso, pede um vinho igualmente encorpado. Experimente harmonizar com os do tipo Sangiovese e Nero d’Avola.

Pães de provolone

Como os pães de provolone têm um sabor bem marcante, pedem o acompanhamento de vinhos brancos. Por se tratarem de rótulos mais suaves, valorizam esse tipo de queijo sem desaparecer no paladar.

Pães recheados com verduras e queijos brancos

Esses alimentos também pedem vinhos leves, como os brancos. Experimente harmonizar com Sauvignon Blanc, Chardonnay ou um espumante seco.

Panettone

Como as marcas diversificaram os sabores e, hoje em dia, existem diferentes tipos de panettone, separamos as dicas de acordo com o recheio:

  • de frutas cristalizadas e uvas-passas: vão muito bem com espumantes feitos da uva Moscatel, por serem mais frutados e florais;
  • com gotas de chocolate: harmonizam com vinhos que têm notas de frutas vermelhas ou secas, sabor adocicado e um pouco mais de teor alcoólico, como o Marsala;
  • de chocolate: esses ficaram bastante famosos nos últimos anos. Como têm uma grande quantidade de recheio, precisam de um vinho mais intenso. Experimente uma fatia com uma taça de Tannat, bebida mais licorosa e doce;
  • com nozes: casam bem com vinhos mais doces e com toque de nozes (o que segue a regra da similaridade).

Pães gourmets

Nos dias de hoje, é comum encontrarmos tipos de pães cada vez mais diferentes nas padarias. Se levar para casa aqueles mais rústicos e com ingredientes fortes, como queijos, nozes e uvas-passas, faça a combinação com um vinho igualmente marcante. Vale harmonizar com o Malbec ou o Syrah, por exemplo.

Essas são algumas das harmonizações que podem ser feitas com pães e vinhos. Experimente fazer as combinações acima em seu próximo evento ou ofereça-as no seu estabelecimento para surpreender a todos.

Lembre-se, por fim, de que as dicas do post são essenciais para oferecer uma experiência agradável a quem degusta a refeição. Em muitos casos, saber como fazer a harmonização ideal de pães e vinhos é ainda mais importante do que escolher um bom rótulo.

Gostou das dicas que reunimos no post? Então, não deixe de compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para que seus amigos também possam aproveitar essas informações!


Massa Madre News


CURIOSIDADES

Práticas sustentáveis na padaria: tudo que você precisa saber
Dicas e medidas de como implantar práticas sustentáveis na padaria.
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

Veja como inovar na sua padaria com as embalagens de produtos
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

6 dicas para você fazer um planejamento de vendas eficiente na sua padaria
Dicas especiais para realizar um planejamento de vendas super prático e muito eficiente.
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

6 dicas de como reduzir custos na sua padaria
Dicas importantes de como reduzir os custos na sua padaria
Massa Madre Blog

CURIOSIDADES

Design para padaria: como melhorar a experiência do cliente em meu negócio?
Dicas de como proporcionar uma boa experiência ao cliente!
Massa Madre Blog